Quinta-feira, 5 de Julho de 2007
A crise de Figueiró

A crise, por que passa actualmente o clube 1º de Maio de Figueiró, tem raízes profundas. A dificuldade de conseguir um elenco directivo era prato habitual até 1980. Graças a um grupo de jovens determinados, entre 1980 e 2003, portanto, durante 23 anos, foi sempre relativamente fácil conseguir direcções que, no entanto, passavam por dificuldades dos diabos para levarem a cabo a sua tarefa. Agora parece que se voltou atrás, algumas dezenas de anos atrás, o que, aliás, não me espanta. Há anos escrevi umas notas, que poucos quiseram entender, sobre o poder dominante na freguesia e que está a condicionar a sua evolução e o seu progresso. E que se mantêm actuais. Na verdade, continua a haver demasiados generais nesta terra que, a continuar assim, vai estagnar irremediavelmente.

A esperança é que podem despontar outros horizontes…


publicado por alvaro às 20:31
link do post | comentar | favorito

mais sobre mim
pesquisar
 
Agosto 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
31


posts recentes

Insegurança

João Sousa melhora

À terceira foi de vez

Gespaços nos campeonatos ...

Final em beleza

Poderia ser melhor

Uma boa noticia

Holandeses batem Gespaços

Em Barcelona com os miudo...

Missão cumprida

arquivos

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Abril 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

tags

todas as tags

Fazer olhinhos
blogs SAPO
subscrever feeds