Segunda-feira, 16 de Janeiro de 2006
Luta de classes e gastronomia
Mesmo lendo os seus textos na diagonal, foi ele próprio que o percebeu, nunca considerei o Renato um conciliador/apaziguador da luta de classes.
Achei interessante a sua tese da não representatividade do capão, e também me parece mais "construtiva" a tese de que Freamunde´foi moldada pela indústria, tanto mais que, ao que parece, Freamunde foi mesmo o berço do mobiliário cá no concelho.
Ainda me recordo dos tempos em que as horas eram dadas para as freguesias vizinhas pelos toques da "fábrica grande".
O Renato deve ter percebido que apenas quiz fazer uma caldeirada político-gastronómica.
Nunca esperei ser levado tanto a sério. Mas o Renato nunca faz as coisas por menos...


publicado por alvaro às 22:08
link do post | comentar | favorito

mais sobre mim
pesquisar
 
Agosto 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
31


posts recentes

Insegurança

João Sousa melhora

À terceira foi de vez

Gespaços nos campeonatos ...

Final em beleza

Poderia ser melhor

Uma boa noticia

Holandeses batem Gespaços

Em Barcelona com os miudo...

Missão cumprida

arquivos

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Abril 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

tags

todas as tags

Fazer olhinhos
blogs SAPO
subscrever feeds