Segunda-feira, 26 de Dezembro de 2005
Lição de mestre
Vítor baia na sua autobiografia escreveu
Hoje agradeço que ele raramente tenha ido ver um treino, porque houve companheiros meus que tiveram as carreiras afectadas, porque os pais as afectaram negativamente, tentando pressionar os treinadores e as pessoas que estavam à frente das camadas jovens para que os filhos jogassem. Isso acontece um pouco ainda hoje, apesar da boa organização que existe nos escalões de formação. O ser humano tem sempre a tentação do sucesso. O futebol é uma indústria, mas também é um perigo, principalmente quando não se deixa que as coisas aconteçam naturalmente. Comigo, como com outros colegas, aconteceu tudo com naturalidade e sem que alguém tenha influenciado ou tentado influenciar qualquer um dos meus treinadores.


publicado por alvaro às 19:47
link do post | favorito

Comentar:
De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

(moderado)
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

mais sobre mim
pesquisar
 
Agosto 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
31


posts recentes

Insegurança

João Sousa melhora

À terceira foi de vez

Gespaços nos campeonatos ...

Final em beleza

Poderia ser melhor

Uma boa noticia

Holandeses batem Gespaços

Em Barcelona com os miudo...

Missão cumprida

arquivos

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Abril 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

tags

todas as tags

blogs SAPO
subscrever feeds